PATROCINADORES

 

 
 

HIDRATAÇÃO CAPILAR

 

 

 

 

A função das máscaras capilares sempre foi a de recuperar os cabelos danificados e ressecados. Agora, existem diversos produtos no mercado com finalidades específicas. As máscaras hidratam, amaciam, proporcionam brilho e protegem os fios.

Para cada tipo de cabelo, uma máscara específica. Abaixo, algumas dicas e a ação de cada uma delas no cabelo:

Cabelos normais: apresentam grau equilibrado de hidratação e oleosidade. Produtos derivados de silicone e lanolina, proteínas, ceramidas, papaia, pantenol e algas aumentam a maleabilidade do cabelo e ajudam a protegê-lo contra o sol, o mar, o vento e a poluição.

Cabelos oleosos: as glândulas sebáceas do couro cabeludo produzem gordura em excesso, deixando a raiz oleosa. Nos cabelos longos, entretanto, as pontas podem ficar ressecadas. Produtos com extrato de frutas (morango e papaia), hamamélis, algas, argila, derivados de silicone, calêndula e camomila removem a oleosidade excessiva e hidratam o fio.
 


 

Cabelos ressecados: fatores externos, como água do mar, sol, piscina e poluição removem a hidratação natural dos fios, deixando-os desidratados, opacos, sem volume, quebradiços e com pontas duplas. Produtos derivados de silicone, colágeno e de elastina, proteínas, óleos e extratos vegetais, ceramidas, vitamina E e pantenol repõem nutrientes e ajudam a unir as pontas duplas.

Cabelos danificados: processos químicos (tintura, alisamento e permanente) abrem as escamas que compõem a camada externa do fio, deixando-o desprotegido. Ocorre perda de água e proteínas, os cabelos ficam opacos e finos e com pontas duplas. Máscaras com óleos vegetais, proteínas, pantenol, ceramidas, vitamina E, esqualano, uréia e derivados de silicone e lanolina amenizam o aspecto quebradiço dos cabelos.

Cabelos crespos: normalmente ressecado e quebradiço, pois a gordura liberada pelas glândulas sebáceas no couro cabeludo não consegue se espalhar de forma uniforme até as pontas. Com isso, não se forma a capa que protege o fio e impede a perda de água. Óleos vegetais, derivados de silicone e de lanolina, vitamina E e proteínas repõem nutrientes, fecham as escamas e evitam a perda de água.

Cabelo afro: é naturalmente muito ressecado. Por causa dos cachos, a gordura do couro cabeludo não se distribui adequadamente ao longo de todo o fio. Além disso, esse tipo de cabelo é submetido a processos químicos frequentes, como relaxamento e alisamento, que removem a hidratação natural e quebram o fio.

 

 

 

 


 

VOLTAR PARA PÁGINA PRINCIPAL

 

CONTEÚDO DO SITE (LINKS):